sábado, 12 de maio de 2012

Cálice - Chico Buarque

68 comentários:

  1. letra é muito legal. jucier e arthur

    ResponderExcluir
  2. A música fala da censura da Ditadura Militar de 64, naquela época as pessoas não tinham liberdade de expressão então as músicas se opondo ao governo tinham que ser explícitas. Tem uma parte que fala assim: Na arquibancada, pra a qualquer momento ver emergir o monstro da lagoa, nessa parte retrata a um ditador que gostava de assistir jogos de futebol na arquibancada, então esse emergir do monstro, se refere ao ditador que se levanta na ignorância do povo da época. A música também diz: Quero lançar um grito desumano que é uma maneira de ser escutado, nessa parte ele critica a censura, pois ele que se voltar contra o governo, mas não pode. Porca gorda é a sociedade de consumo, faca cega é a falta de consciência do povo na época. A música faz uma oposição a ditadura militar.

    Ana Clayde Nº 01 9º D – Tarde 15/05/2012 Prof. Evandro

    ResponderExcluir
  3. A Ana Clayde conseguiu traduzir muito bem a música. Também percebi a mesma coisa. As pessoas não podiam falar, não podiam dá sua opinião, não tinham LIBERDADE. Elas tinham que ter caltela no que falar. Não podiam criticar o que não gostavam. Achei interessante um trecho da música que diz "Essa palavra presa na garganta
    Esse pileque homérico no mundo
    De que adianta ter boa vontade?
    Mesmo calado o peito resta a cuca"
    Ai ele diz como as pessoas se sentiam : com a "palavra presa na garganta".
    Em resumo eu percebo que essa época da história (1964) caracterizou-se pela falta de democracia, supressão de direitos constitucionais, censura, perseguição política e repressão aos que eram contra o regime militar.
    Enfim, a música retrata muito bem o lado da população, a visão dos brasileiros sobre esse período.
    Ah, descobri que essa música "Cálice" foi proibida pela censura brasileira.

    ResponderExcluir
  4. Gente... muito massa essa música. A ideia que ela passa.
    Eu pesquisei mais e o "cálice" que ele diz, na verdade é
    "cale-se". Daí eu lembrei daquele departamento da época da ditadura que era responsável pela censura das músicas e aí a música só podia ser publicada depois de uma revisão. Eu acho que Chico Buarque quis camuflar para passar despercebida pela revisão e por isso trocou as palavras. Mas, eu não sei depois de quanto tempo, eles perceberam, porque ela foi censurada.
    Rebeca Carvalho, N°:31 9°E

    ResponderExcluir
  5. Embora não seja tão explícito, mas com um pouco de atenção podemos perceber a mensagem da música, já que todo e qualquer tipo de protesto tinha que ser disfarçado naquela época.
    A música podia referir-se ao Governo Vargas, do período do Estado Novo.
    Entretanto, como é uma música bem atual, na verdade trata-se de um protesto contra o silêncio, a repressão e o sangue derramado pelos militares durante sua ditadura. O cálice tem dois significados: representa o governo, que está cheio de sangue (inocente) e, como a Rebeca falou, tem a mesmasonoridade que a expressão autoritária "Cale-se", frase conhecida por todos nesse período.
    Leonardo de Sousa, 9°D, Tarde, n°.20

    ResponderExcluir
  6. O cálice de vinho tinto de sangue representa o governo que se opunha a todos (faziam todos beberem dele), mostrando como eram poderosos e sanguinários.
    Se não permacessem em silêncio, com a palavra presa na garganta, mas atento a tudo e todos, só o pior poderia acontecer.
    A música, na verdade o seu autor, retrata muito bem (e sempre retratou) o lado do povo brasileiro durante a ditadura militar brasileira. Enfim, mostra o "neonazismo" brasileiro.
    Leonardo de Sousa, 9°D, Tarde, n°. 20

    ResponderExcluir
  7. Rebeca Carvalho/Letícia Araújo5 de junho de 2012 20:23

    Bom, deve haver várias músicas sobre a época da ditadura, mas eu não escuto muito, por isso não sei sobre elas. Mas sei que cantores como Chico Buarque e Caetano Veloso tem várias músicas sobre isso, pois eles sofreram perseguição nessa época, e até tiveram que sair do Brasil.
    Também houve, recentemente, uma novela do SBT falando sobre isso ("AMOR E REVOLUÇÃO".
    Letícia Araújo N°:22 / Rebeca Carvalho N°:31 9°E

    ResponderExcluir
  8. jean oliveira e rael5 de junho de 2012 21:37

    e na verdade uma contrariedade a ditadura quando as músicas explícitas ao governo era proibidas
    Jean oliveira e Rael 9e

    ResponderExcluir
  9. Durante o período militar,muitas formas de arte foram censuradas,por apresentarem oposição à ditadura.Então artistas como Chico Buarque tinham que disfarçar as letras das músicas,por isso poucos entendiam.Essa música,por exemplo,se não tivermos conhecimentos da história,de primeira impressão pode parecer apenas uma divagação religiosa.
    Amanda Ellen e Carlos Wellinngton,9 anoC,manhã

    ResponderExcluir
  10. A música foi criada durante a Ditadura Militar de 1964, quando vários artistas criticavam o governo brasileiro. Nessa música "Cálice" significa, na verdade, "cale-se". Durante a Ditadura de 64, o governo exilava os artistas que o-criticavam , por isso Chico Buarque preferia criticar de maneira implicita.

    David Lucas e Lucas Maciel/ 9°C/ N° 10 e 21

    ResponderExcluir
  11. Gostei dessa musica, retratando como eles viviam durante a ditadura. Existe um filme, chamado Batismo de sangue, que mostra a historia de frades que lutam contra a ditadura, mostrando, por exemplo, as táticas de tortura, como o Pau de arara e choques.
    http://www.youtube.com/watch?v=uhBemy_vXCk
    15, 9E.

    ResponderExcluir
  12. Já tinha ouvido essa música algumas vezes, mas nunca havia prestado atenção na letra. Se repararem bem, existe a ambiguidade (cálice / cale-se). Essa música, apesar de não ser explicita, foi proibida por vários anos. "Quero lançar um grito desumano, que é uma maneira de ser escutado, esse silêncio todo me atordoa."
    Jéssica Brasil e Saôry Soares, 9º C

    ResponderExcluir
  13. A música fala sobre o período da ditadura no qual os compositores não poderiam se opor ao governo, pois suas músicas eram censuradas. Se o compositor quisesse fazer uma oposição ao governo teria que ser nas entrelinhas como é feito na música o altor usa a segunda frase para criticar o governo:"Pai! Afasta de mim esse cálice", mas o que está dito nas entrelinhas é:"Pai afasta de mim esse cale-se".

    Carlos(06) Amanda(02) 9º ano C

    ResponderExcluir
  14. A música fala do periodo da ditadura militar onde o governo manipulava a imprensa e não permitia que as pessoas se expressacem e caso fizecem e fossem descobertos poderiam ser presos ou exilados do país´,e é por isso que muitas pessoas faziam criticas através da música.

    Jonathan César e Oliver 9°C

    ResponderExcluir
  15. A música retrata a dor de tantas mortes ocorridas na ditadura militar no brasil, não podendo se expressar contra o governo !
    Leticia Athayde e Eveliane 9º C

    ResponderExcluir
  16. Essa música relata a ditadura militar, a dor, e a palavra ‘cálice’ tem duplo sentido, quer dizer cálice de bebida e cale-se de calar a boca.
    Pai, afaste de mim este cálice, se refere ao sofrimento de Jesus no calvário, Chico quis dizer que o povo estava passando por um sofrimento “parecido” ao que Jesus passou no calvário.

    rayssa 26 e alice 01. 9ºC

    ResponderExcluir
  17. Trata-se de uma crítica a Ditadura Militar no Brasil, nessa época a liberdade de expressão era mínima. Após a pesquisa percebi que o título da música "Cálice" seria inicialmente "Cale-se" porém na época da ditadura existiam muitas restrições em relação a musicas, filmes, poemas e etc. Para ter certeza de que os cidadãos não chegassem a ouvir essas críticas em suas versões originais, o governo obrigava que todas as músicas, antes do lançamento, passassem por um análise, ou seja, por um conselho, onde decidiriam quais mudanças ocorreriam na mesma para que ela tivesse permissão de ser executada.
    Wendel Luca e Ythalo Dantas 9°C

    ResponderExcluir
  18. Mostra que o governo era o cálice onde derramava sem dó nem piedade o sangue da população onde o povo não poderia falar nada nem protestar, deveria ficar com a palavra presa na garganta, isso mostrava o neonazismo brasileiro, onde o autor da música mostrou o povo brasileiro na ditadura militar. Daniel Aleixo e Bernardo Araújo 9º C

    ResponderExcluir
  19. A metáfora do ''cálice'' é de ''calar a boca''. Em forma de prece, o compositor pede à Deus um fim para o regime da ditadura. Pois na época não havia liberdade de expressão, todos tinham que aceitar sem contestar. E os que não faziam isso acabavam sendo torturados ou mortos. No trecho ''Mesmo calada a boca, resta o peito.'' o compositor expressa que embora a força militar calem a sua boca, restará o seu sentimento e nada poderá mudar isso. Cecilia Lucas e Eveline Paula - 9ºC

    ResponderExcluir
  20. A boa musica continua a ser feita...não precisa de ser revolucionária para ser boa, a questão é que estamos possivelmente a viver os piores tempos(mundialmente) de sempre e o povo perdeu valores, morais e identidade e isso reflete-se tambem na musica, superficialismo, vaidade e lavagem cerebral. Musica ruim sempre existiu tambem simplesmente não tinha qualquer exito. A melodia e o poder da palavra educam mentalidades.Paz

    Aryel Andrade e Carlos

    9A

    ResponderExcluir
  21. o Cálice até se encaixa na música pois tem o seu vinho tinto de sangue que simboliza a ditadura militar brasileira, mais também usada como ambiguidade, poucos brasileiros entendiam o que Chico Buarque e Milton Nascimento queriam passar, até porque por muitos anos essa música foi censurada para o povo brasileiro, até a expressão facial dos artistas parecem tensas,tristes, preocupadas com o seu futuro. "Pai afasta de mim esse cálice", mais ao ver dos "entendidos" "Pai afasta de mim esse cale-se" .


    Gabriel Sá (13) Eduardo Feitosa (10) - 9º B

    ResponderExcluir
  22. esse video fala sobre cantores que não pediam falar sobre o governo, por isso já avia dendo na musica: AFASTA DE MIM ESSE CÁLICE, bom esse cálice não é cálice de botar bebida e sim de calar-se sem poder fazer nem uma critica.
    ALUNAS: ANA DEBORAH, JULIANE BRAGA, TALITA.9ºB

    ResponderExcluir
  23. a musica tem duplo sentido e os homens estão pedindo para que jesus afaste o cale-se do sentido de se calar,deixando em duplo sentido dizendo que é um calice de vinho,dos tempos da ditadura militar,enclusive foi feita uma novela mostrando a ditadura militar com enredo principal.a novela chama-se Amor e Revolução

    leticia lima n* 19
    anna raquel n* 04
    9*ano C manhã

    ResponderExcluir
  24. essa musica retrata,a tristeza dos compositores por não paderem escrever as musicas do jeito q eles queriam ,mas sim do jeito que o gonverno queria Diane e Flávia-9ano A

    ResponderExcluir
  25. Quase todas as músicas de Chico Buarque foram feitas com duplo sentido , para que os militares da época não entendessem a letra, pois tudo na quela época passava por uma censura, para ver o que podia ou não.
    Essa múcica tem o sentido de calar a boca, pois as pessoas não queriam mais ficar caladas e serem mandadas pelos militares, elas queriam ter direito de expreção,coisa que na quela época não existe. Ele escreve que nessa época era muito ruim acordar sem querer falar nada a respeito da dificuldade enferntada por eles, e de noite, a quelquer hora não existia silêncio, pois eles faziam revoltas mas eram reprimidos.~

    Felipe Cabral, 9º E , Nº 9

    ResponderExcluir
  26. Essa musica fala de um duplo sentido criticando a Ditadura, Naquela época as musicas que o governo acha-se uma ofensa não seria gravada...

    Adelton (01) E Levy Chacon (23) 9ANO E

    ResponderExcluir
  27. A música calice a real explicação quem pode te dar é o próprio Chico, mas o que percebo é que é dirigida bem ao aspecto censor da ditadura. Bem à censura. De muito gorda a porca já nao anda.. fala de uma burguesia que estava imobilizada pela sua propria riqueza e abastança.. mas de muito usada a faca já não corta.. fala das mortes que estavam acontecendo. E ao mesmo tempo, o emprego de "cálice" no lugar de "cale-se" pode representar:" afaste de mim essa tentação." Por isso, algumas letras passaram-se despercebidas.

    Mabelle, Karine, Aryane. 9°B

    ResponderExcluir
  28. A musica retrata a repressão do governo em 1964, na ditadura militar, onde não havia espaço pra criticas e nem pensar em protestos e movimentos que iam contras as ordem impostas pelo governo,não existia espaço para ninguem,um país com velhos lemas .AIRTON 9-B manhã

    ResponderExcluir
  29. A música retrata a ditadura militar no Brasil.Ele critica a opressão do governo e a falta da sociedade com isso naquela época, pois todos tinham medo de serem torturados, assassinados, ou exilados, como aconteceu como o próprio Chico Buarque.

    Renan Santos VIEIRA-9°A

    ResponderExcluir
  30. fala um pouco sobre a repreção que o governo fazia as pessoas de suas cidades ela não tinham direito a falar nada que ofendese o governo gostando ou não tinham de ficar caladas ou morreriam.
    davi e igor 9°A

    ResponderExcluir
  31. Essa musica diz respeito à censura da ditadura de 64 é um protesto a censura do direito de expor suas ideias

    ResponderExcluir
  32. essa musica fala um pouco sobre a liberdade de expressao q era minima eu fiz uma pesquisa i essa musica foi uma que o governo modificou
    o nome da musica era pra ser cale-se mais eles mudara para Calise

    essa musica fala tambem da forte opressao e violencia dos militares com os cidadoes

    ResponderExcluir
  33. Durante a ditadura militar,as músicas eram censuradas,então Chico Buarque foi explicito.Na música ele crítica a censura imposta pelo governo,as musicas e obras não podem ser ofensivas para ele,desse modo os artistas não podem expressar suas ideias e opiniões,e na verdade cálice é cale-se.No trecho "Quero lançar um grito desumano, que é uma maneira de ser escutado, esse silêncio todo me atordoa" mostra ainda mais como os artistas se sentem em relação a essa censura.
    Vitória Caldas e Alves Neto 9°B

    ResponderExcluir
  34. È bem interessante eeu percebi que na musica a palavra calice tem 3 sentidos: calice de calar a boca, calice a taça(para não alarmar as altoridades sobre a musica e seu sentido)e calice da igreja que é o que contem o vinho que simboliza o sangue.
    Outro trecho importante é a parte
    (Na arquibancada, pra a qualquer momento ver emergir o monstro da lagoa)
    , nessa parte retrata a um ditador que gostava de assistir jogos de futebol na arquibancada, então esse emergir do monstro, se refere ao ditador que se levanta na ignorancia do povo da época.
    os que lutavam eram a maioria daqueles que tinham inteligencia, força de vontade e sabiam o que acontecia na época com o país!

    ARIELY 22 9°D

    ResponderExcluir
  35. Essa música foi uma das reprimidas também pela Era Vargas certo ? O " cálice " representa na verdade o " cale-se " condenando a forma de governo de Vargas, que as pessoas não tinha direito a liberdade de expressão, viviam constantemente com cenas de violência e a forte opressão, certo professor ? Tallyta Barros - 9º ano D -nº30

    ResponderExcluir
  36. Essa música se refere a ditadura militar, pois ela mandava " algumas" pessoas se calarem sobre as opiniões referentes ao governo que naquele tempo(até hoje) age de forma errada.O sentido dessa música é duplo basta você se atentar ao nome da música e a letra pois o nome da música é "Cálice" mais se você prestar atenção pode perceber que se refere a palavra cale-se no sentido subliminar.Naquele tempo era comum grandes astros da música fazerem músicas subliminares contra o governo.
    ^^*
    César Filho(6)-Valesca Goes(28)-Camila Rodrigues(09) -9 ano - B

    ResponderExcluir
  37. a musica 'Cálice' trata-se da censura imposta pelo governo na época da ditadura no Brasil onde principalmente as músicas tinham que ser do jeito que o governo quisesse sem nenhum tipo de "protesto" em suas letras ou então acabariam sendo exilados ou até coisa pior.
    Erika, Alefe, Vitoria Garcia 9B

    ResponderExcluir
  38. essa foi uma grande música feita contra a ditadura e a censura ,O cálice, de que Chico fala, na verdade é cale-se. tipo o refrão incorporando o pedido de Jesus no momento da agonia.
    - Eduardo & Gabriel Sà , 9ºB

    ResponderExcluir
  39. Chico Buarque foi O gênio da época da ditadura.. ele conseguia escrever frases com duplos e triplo sentidos.. que conseguiam passar pelo crivo da censura.. mas quando cantadas ganhavam outro significados com a sonoridade.. a diferença entre o sentido da letra lida ou ouvida era grande.

    A palavra cálice é um bom exemplo.. faz referencia à oração de Jesus antes de sua flagelação e morte. Parece apenas Bíblico ou religioso.
    Mas era cantada como "cale-se" em referência à censura e ditadura que havia no momento.

    A música calice a real explicação quem pode te dar é o prórpio Chico, mas o que percebo é que é dirigida bem ao aspecto censor da ditadura. Bem à censura.

    O monstro da lagoa (na época se falava bastante do lago ness) na realidade falava sobre os urutus militares que poderiam despontar nas cidades a qualquer momento.. Márcio 9ºc Nº - 20

    ResponderExcluir
  40. Essa música fala sobre a ditadura militar no Brasil fala tambem da censura da ditadura de 64 e fala sobre esse cálice de sangue. Muito Boa a música.. Eu Acho que era uma das melhores da epoca!

    Igor Caracas 9D

    ResponderExcluir
  41. Foi uma música composta contra a ditadura e a censura.
    Como toda criação artística precisava passar pelo crivo da censura, alguns compositores encontraram um meio de exprimir seus pensamentos através de letras de significado duplo.
    O cálice, de que Chico fala, na verdade é cale-se.
    (oq eu acho)

    carlos aryel 9°A

    ResponderExcluir
  42. já pensou se essa censura estive ate hoje , censurando musicas de funk que as vezes usam na sua letra palavras obscenas.
    Thomas 9D 11

    ResponderExcluir
  43. Essa musica fala sobre a ditadura e e muito boa eu vi ela na novela "Amor e Revoluçao" musica muito boa q tambem faz criticas ao governo!!

    ResponderExcluir
  44. Recomendo assistir a novela "Amor e Revoluça" se trata sobre esta musica tambem

    ResponderExcluir
  45. Recomendo assistir a novela "Amor e Revoluça" se trata sobre esta musica tambem

    ResponderExcluir
  46. Retrata-se que os músicos na época da ditadura eles não podiam nem tanto as músicas mais expor o que eles pensavam, então na música ele expressam como era duro viver naquela época sem poder ao menos dizer o que pensa, e como eles eram forçados a viver em silencio total!

    Ana Karyhellen e Nayara 9°A

    ResponderExcluir
  47. a letra dessa musica foi criada na época da Ditadura Militar de 1964, nesse período não eram poucos os músicos que usavam as letras de suas musicas para fazer criticas. Na música o "Cálice" significa, "cale-se". Durante o período da Ditadura de 1964, o governo não admitia essas tais criticas que eram feitas por músicos, então eles faziam essas criticas de maneiras que ficassem com um duplo sentido usando musicas como um meio de expressão.
    Wendel Araujo 9ano D

    ResponderExcluir
  48. Essa música foi feita como protesto a repressão da ditadura, quando eles dizem:
    -Pai, afasta de mim esse cálice
    Na verdade eles tavam dizendo
    -Pai afasta de mim esse...cale-se!
    Ariane Freitas 9D

    ResponderExcluir
  49. A palavra cálice é um bom exemplo.. faz referencia à oração de Jesus antes de sua flagelação e morte. Parece apenas Bíblico ou religioso.
    Mas era cantada como "cale-se" em referência à censura e ditadura que havia no momento.

    ResponderExcluir
  50. Uma música muito forte, mas que retrata de forma nítida como foi viver esse anos de ditadura, em que as músicas para serem publicada tinham que ser aprovadas (nelas não podiam conter ofensas contra o governo).
    Leticia Da Silva N°22 9°E

    ResponderExcluir
  51. Em 1939, durante a Era Vargas, foi criado o Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) responsável pela orientação da propaganda interna e externa do governo, promoção de manifestações públicas e cívicas de apoio a Vargas e realizar a censura. Quase tudo era controlado por Vargas e ninguém poderia se opor a isso. Essa música foi uma tentativa de fugir da censura e conscientizar as pessoas que a ditadura devia acabar.

    Wesley Nº32 & William Nº33 9ºB

    ResponderExcluir
  52. Gabriel da Silva Gomes 9° Ano E N°1114 de junho de 2012 20:52

    Essa musica fala sobre a censura, censura essa que calava a boca de muitos como ele fala nessa parte da musica:

    "Como é difícil acordar calado
    Se na calada da noite eu me dano
    Quero lançar um grito desumano
    Que é uma maneira de ser escutado
    Esse silêncio todo me atordoa
    Atordoado eu permaneço atento
    Na arquibancada, prá a qualquer momento
    Ver emergir o monstro da lagoa"

    ResponderExcluir
  53. A musica retrata a ditadura militar de 1964, Na epoca as pessoas n tinha o poder da 'Liberdade de Expressão' .Então eles achavam isso na musica. E a metafora do "Calice" Na verdade quer dizer " Cale-se" Porem na epoca existia muitas restriçoes em relaçao as musicas. Entao o governo obrigava antes do Lançamento das musicas uma análise.
    Matheus Magno N* 24 Alvoro N* 5 9/C

    ResponderExcluir
  54. Não entedii muito bem , Mas pelo um pouco que pesquisei , achei algumas coisas ..
    O cálice de vinho tinto de sangue representa o governo que se opunha a todos (faziam todos beberem dele), mostrando como eram poderosos e sanguinários.
    Se não permacessem em silêncio, com a palavra presa na garganta, mas atento a tudo e todos, só o pior poderia acontecer.
    Ele clamam pro um Soberanoo , Afastar o calice ..
    e não é atoa que eles clamam ate o Final do Video ..
    Já venho a Agradecer pela minha rica oportunidade ..
    William Costa 9ºD

    ResponderExcluir
  55. Lais Menezes-nº:1915 de junho de 2012 11:01

    Chico Buarque teve grande influência política durante o período da Ditadura Militar, expondo sua revolta e a de muitos de não poder se expressar. A mensagem da música é obviamente passada de maneira subjetiva, uma alternativa para bular a fiscalização da época, pois não eram aceitas qualquer forma de crítica ao governo.

    ResponderExcluir
  56. Essa musica retrata provavelmente uma oração de uma pessoa que está sem liberdade de expressão "Esse silêncio todo me atordoa, atordoado eu permaneço atento" ,sem democracia no pais por conta de um golpe militar de 311 de março de 1964,a palavra "calice" deve significar guerra entre militares e os comunistas,"bebida amarga" significa o sangue derrama pela violencia de ambas as partes.
    Matheus 9D

    ResponderExcluir
  57. A musica questiona a ditadura militar criticando a sua autoridade sobre as pessoas
    (Werllyson 9°ano D)

    ResponderExcluir
  58. a musica retrata o período da ditadura militar onde o governo manipulava tos os meios de telecomunicações da época e não poderia ser transmitido nada que falace ou retratasse mal o governo,caso contrario o governo não permitiria a transmissão do relato e o autor do ato teria que ser punido severamente . a própria musica ouvida teve que ser modificada para poder ser transmitida e ser passada despercebida pelo governo ,ainda que consiga deixar sua mensagem . gabriel victor-14 9-b manhã

    ResponderExcluir
  59. A música é uma forte crítica à ditadura. O cálice ao qual ela se refere é uma espécie de metáfora com o cálice de Jesus Cristo: O vinho comparado ao sangue amargo em dor e traições de pessoas assassinadas pelo desejo de liberdade.
    Thomas 9D 11

    ResponderExcluir
  60. A música foi escrita durante a época da ditadura militar, onde imperava todo tipo de censura. Ela fala basicamente da época, onde ñ se podia ter liberdade de expressão.jessica gregório 17,gabriel victor 14,9anob

    ResponderExcluir
  61. o video retrata a ditadura militar onde a pessoa nao tinha liberdade de expressao onde ate as musicas que criticavam a ditadura eram censuradas e muitas vezes os cantores usava outras palavras para criticar a ditadura
    (Werllyson 9ºano D)

    ResponderExcluir
  62. Mylena Soares 29 ;Kalyne Setúbal 03 /9°E15 de junho de 2012 20:22

    Durante o período Ditatorial os artistas usavam uma linguagem metafórica para escaparem das rigorosas perseguições imposta pela Ditadura militar aos artistas, políticos e intelectuais na época. Chico Buarque na música Cálice se expressam dessa maneira, como podemos observar em todo a conjuntura dessa composição. No decorrer da letra os artistas fazem um apelo ao governo ditatorial que é referido na música como "pai" pedindo a este que afastem deles o "Cálice" de vinho tinto de sangue, que seria toda aquela repreensão, tortura e dor que a censura derramava a todos aqueles que expressavam suas ideologias e seus sentimentos contraditórios à aqueles que o regime havia imposto sobre eles e outros artistas, ou seja, o silêncio.

    ResponderExcluir
  63. A música é uma forte crítica à ditadura. O cálice ao qual ela se refere é uma espécie de metáfora com o cálice de Jesus Cristo: O vinho comparado ao sangue amargo em dor e traições de pessoas assassinadas pelo desejo de liberdade.
    Mateus Menezes 9ºB

    ResponderExcluir
  64. A palavra cálice ... faz referencia à oração de Jesus antes de sua flagelação e morte. Parece apenas Bíblico ou religioso.
    Mas era cantada como "cale-se" em referência à censura da ditadura que havia no momento.

    MARIA EDUARDA 9ºD

    ResponderExcluir
  65. essa musica fala sobre a censura na época da ditadura militar em que compositores tinham que se calar e a liberdade de expressão não existia...
    Matheus e Levi D.
    9ºA
    ~sakura card

    ResponderExcluir
  66. A música fala da censura durante a ditadura militar no Brasil durante os anos 60
    9ºC manha
    Raquel Vieira,o3
    Thais Figueredo,29

    ResponderExcluir
  67. Fala sobre a ditadura militar. As pessoas não tinham direito de expressar sua opinião negativa a respeito do governo por causa disso as musicas eram censuradas e não podiam criticar a ditadura, porem os músicos colocavam letras de duplo sentido que falavam sobre seus pensamentos de forma não aberta.

    Talia Alencar e Luana Oliveira 9A

    ResponderExcluir
  68. Gostei da música da música da ditadura militar, na qual eram reprimidas vários tipos de artes, onde a liberdade e expressao era pouca e os compositors nao poderiam ser contra o governo. IANKA ALENCAR 9 D.

    ResponderExcluir